Moro Bolsonaro

BRASÍLIA – O ministro da Justiça, Sérgio Moro, iniciou hoje aulas de libras com a primeira-dama Michele Bolsonaro. Moro, que fora sempre tão feroz em vocalizar suas opiniões quanto a corrupção e lavagem de dinheiro, aparentemente, perdeu a capacidade de falar.

“Estamos todos muito surpresos com o ocorrido. Jamais imaginaríamos que o leão que confrontou o ex-presidente Lula vezes em seus depoimentos, fosse perder a voz. Estamos averiguando as causas, mas os médicos já parecem ter um diagnóstico”, declarou a assessoria de comunicação do governo em nota públicada no Facebook.

Agora, Moro recebe acompanhamento de um equipe de especialistas que incluem psicólogos, psiquiatras, otorrinolaringologistas, pediatras e ginecologistas.

A hipótese da equipe é que Sérgio Moro sofreu um trauma muito grande ao perceber que a equipe do governo Bolsonaro comete os mesmos crimes de lavagem de dinheiro, com os mesmos modus operanti relatados em seu livro, realizando micro-depósitos de forma a evadir as averiguações do Coaf.