Ex-presidente da república, Michel Temer, em sua forma original. FOTO/REPRODUÇÃO

BRASÍLIA – O ex-presidente da república, Michel Temer, foi capturado hoje tentando fugir do Brasil, após perder seu foro privilegiado. Temer carregava consigo apenas sua dignidade, ou seja, nada.

O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, decidiu no dia 29 de outubro que o presidente Michel Temer só seria investigado por propinas da Odebrecht após o término de seu mandato. Quando isso ocorrer, o processo deverá ser encaminhado para o Ministério Público Federal, que decidirá se vai denunciar o emedebista.

Receoso de uma possível prisão, temer assumiu sua forma original e tentou fugir do Brasil. Entretanto, o ex-presidente foi capturado por um grupo de Biólogos de Brasília que estudam morcegos no Planalto Central.

“Achávamos que tínhamos encontrado uma nova espécie, pois jamais tínhamos visto algo parecido”, disse Gabriella Araújo, bióloga responsável pela grupo de pesquisas de Chiropteras da Universidade Federal de Brasília. “No entanto, logo identificamos que era o ex-presidente, no momento em que nos ofereceu dinheiro em troca de sua liberdade”, completou.

Temer será levado a Fundação Jardim Zoológico de Brasilia, onde aguardará o julgamento em regime fechado.

Jornal Sensacional é um site fictício de humor com notícias fictícias. Qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência.

Leia também